Durante nossa estadia na Toscana, visitamos duas vinícolas: a Antinori e a Rocca Delle Macie. Na verdade, gostaríamos de ter visitado mais uma, a vinícola do famoso Brunello de Montalcino. Porém, essa vinícola ficava bem mais distante e por isso não tivemos tempo hábil para conhecê-la. Mas quem tiver tempo, anota aí, porque também é super indicada!

IMG_5272

Bom, nós optamos por não fazer as duas vinícolas no mesmo dia. Então, em cada uma fizemos uma tarde com almoço e degustação de vinhos. Infelizmente também não tivemos tempo dessa vez para fazer o tour completo pelas vinícolas (que deve ser agendado com antecedência). Deixamos para agendar quando chegasse lá e quando fomos verificar a disponibilidade de horários, nenhum era compatível com nossa programação. Teríamos que deixar de conhecer outros lugares e por isso deixamos o tour para a próxima visita. Mesmo assim foi uma ÓTIMA experiência, como vou contar abaixo.

A primeira vinícola que visitamos foi a Antinori.

Essa é uma vinícola, apesar de ser bem tradicional, foi modernizada há pouco tempo. O resultado dessa modernização é espetacular! As instalações da vinícola são lindas, sem perder o charme da Toscana.

Se você estiver de carro e sem visita agendada, terá que estacionar mais abaixo, num estacionamento da própria vinícola e uma van, também do local faz o translado estacionamento – vinícola e vice-versa. Chegando na instalação principal da Antinori, já nos surpreendemos com a beleza do local. Um varandão de madeira, vidros e ferro, de frente para aquelas videiras lindas lotadas de uvas (no mês de Setembro elas estão tinindo!).

IMG_2945 IMG_3019 IMG_3048

Dali, seguimos para o restaurante que fica uns dois andares acima e deixamos para visitar a loja depois da degustação.

O restaurante Rinuccio 1180 foi um dos mais bonitos que visitamos durante nossa passagem pela Toscana! As fotos falam por si.

IMG_2979 IMG_2962

Não foi muito difícil conseguir uma mesa, mas aconselho que façam uma reserva para garantir. Optamos por sentar na área interna porque havia uma previsão de chuva que se confirmou logo depois que chegamos. Mas se o dia estiver bonito e fresco, sentar lá fora também cai muito bem!

No cardápio há varias opções de degustação, como mostro no cardápio abaixo. Não sou nenhuma entendedora de vinhos, mas dei uma pesquisada antes de ir e vi que os “Chianti Classico” são os famosos da região. Optei por essa degustação! Já o Raul optou por pedir vinho branco e escolheu por taça, ao invés de degustação.

IMG_2966 IMG_2980

Para almoçar, escolhi uma massa ao pomodoro com tomates frescos e o Raul optou por uma tábua com seleção de queijos, que segundo ele, estava DI VI NA.

IMG_2985 (1) IMG_2987

No final do nosso almoço com degustação, descemos e fomos na loja da vinícola. Temos um aplicativo no celular que se chama Vivino. Neste aplicativo verificamos que algumas garrafas de vinho vendidas ali por 40, 50 euros, chegavam a custar no Brasil mais de 800 reais! Trouxemos quatro garrafas, entre elas o Tignanello 2013 e o Villa Antinori que experimentei na degustação.  A loja embalou muito bem as garrafas, pois avisamos que seriam colocadas na mala. É só avisar que eles capricham na proteção!

IMG_2942 (1) IMG_2941 (1) IMG_2940 (1) IMG_2939

A segunda vinícola que visitamos, já no penúltimo dia foi a Rocca Delle Macie.

Esta já é uma vinícola que fica no coração da Toscana. Fica mais afastada de Florença e a estrada até lá é linda. Como subimos bastante pelas colinas, a vista é algo deslumbrante! Pelo caminho além de videiras, conseguimos observar muitas oliveiras, pois o local também produz azeites e azeitonas.

Na Rocca tentamos até o último momento realizar o tour , verificando a disponibilidade do tour até o momento que chegamos lá. Porém o único tour com disponibilidade seria no final da tarde e não poderíamos aguardar tanto tempo, já que tínhamos outras programações planejadas. Nos restou então, mais uma vez, a opção de almoçar com uma degustação.

IMG_3176 (1) IMG_3185 (1) IMG_3184 IMG_3179 (1)

Pegamos então mais uns 20 minutos de estrada até o restaurante que fica ainda mais no coração da Toscana. Um lugar de filme! Depois que acaba o asfalto, começa uma estrada de chão com videiras dos dois lados, sobe, desce e láááá no fundo uma casinha. Chegando na “casinha” descobrimos que na verdade é um hotel que faz parte da enorme propriedade da vinícola. E no jardim do hotel fica o restaurante da vinícola. Prosaico! Estacionamos, passamos por casinhas de pedra e uma capelinha linda, pequena e charmosa e chegamos ao restaurante. A sede da vinícola já tinha avisado que estávamos a caminho e nossa mesa já estava nos aguardando.

IMG_3263 IMG_3225 (1) IMG_3252 (1) IMG_3271

Diferente da Antinori, a Rocca não tem uma seleção pré determinada de degustação para o cliente escolher. Você conversa com o garçom e fala que tipo de vinho gosta. Você pode escolher sua própria taça de degustação ou pedir a sugestão dele de acordo com seu gosto. O preço é individual, por taça.

Como já falei acima, não sou nenhuma conhecedora de vinhos, apesar de adorar essa bebida. Então nessas situações contamos com a colinha do aplicativo de vinhos que falei acima: Vivino. Dei uma olhada nas opções do cardápio, consultei o vivino e escolhi algumas para degustar. De todos que degustei, o que mais gostei foi o Moonlite White, que o Raul escolheu.

IMG_3292 IMG_3311 IMG_3317

Para almoçar eu escolhi uma massa com trufas negras e o Raul escolheu um risotto de açafrão. Almoço gostoso, ambiente agradável. Valeu a experiência, apesar de não temos feito o tour.

IMG_3270 (1)

Acima, a igrejinha prosaica que fica próxima ao restaurante da vinícola.

Abaixo, depois de degustar algumas uvas direto do pé: a fruta é tão forte que deixa a lingua roxa!

IMG_3363

 

Bjs, Juh 🙂